0
0 In Artigos/ Receituário

Magia com alimentos, Bruxaria na cozinha

Magia com alimentos Bruxaria na cozinha Feitiços

A Magia com alimentos é uma forma muito eficaz de feitiçaria. Ela está presente tanto entre os praticantes de Bruxaria quanto entre os praticantes de Hoodoo.

Há alimentos que servem para o preparo de Feitiços comuns, como é o caso da cebola, que serve (dentre outras coisas) para trazer paz para o Lar; o ovo de galinha (principalmente a preta), que serve para limpezas e descarregos; e os Figos e Peras, que servem para ajudar na fertilidade (gravidez) de uma mulher.

No entanto, há outras aplicabilidades da Magia na cozinha. Vejamos quais.

O mecanismo base para despertar as propriedades mágicas de um alimento é a conjura. Isto é, o poder que você tem em suas mãos, em sua voz e em sua vontade, capaz de ativar as propriedades mágicas presentes nos elementos que você vai usar. E, quando falamos em conjura ou na prática da Magia, a regra é simples: quanto mais você pratica, melhor você será. Sendo assim, posso afirmar que essa técnica será muito útil a toda pessoa que visa ao desenvolvimento de suas habilidades.

Outra vantagem na prática da Magia com alimentos é que ela pode trazer mais força para seu ritual. É muito comum o consumo de bolos, pães, geléias e biscoitos feitos a mão em rituais dentro do Paganismo. Contudo, ativar magicamente esses elementos é o mesmo que aumentar seu poder “nutrivo”. Dessa forma, você alimenta seu corpo e sua alma.

Vale lembrar também que uma outra utilidade da prática da Magia com alimentos é o seu uso dos alimentos como oferendas. Muitas pessoas não se importam tanto com aquilo que vão oferecer para compartilhar com os Deuses em um rito. Já vi alguns que oferecem o resto da bebida que não querem mais ou a “sobra” da mesa.

Eu penso que a oferenda deve ser o melhor que você tem a oferecer. Um sacrifício metafórico no qual você se priva da primeira porção, ou do melhor pedaço, ou de parte do alimento e os oferece aos Deuses. Como assim o faziam ao campeão ou líder tribal.

Considerando esse raciocínio, a introdução de alimentos preparados por você, incluindo a sua “mão” de energia (vulgarmente falando), atribuem um valor ainda mais significativo a tal oferta.

Porém, o que eu desejo destacar aqui é uma funcionalidade específica da Magia com alimentos: o uso do alimento enquanto “feitiço comestível”. Essa forma de uso dos alimentos é tão eficaz como um feitiço lançado, uma vela acesa, uma reza feita ou uma maldição lançada. É certo que nem todos servirão para que você coma. Alguns, inclusive, são preparados para serem dados a animais específicos. As formas de uso são muitas.

 

O uso de alimentos como “Feitiços comestíveis” na Magia com alimentos

Dentre os alimentos mais tradicionais no preparo desse tipo de feitiço os bolos e pães preparados com ervas são os mais tradicionais. Mas a Magia não fica só por aí. Você pode preparar um frango ou peixe delicioso, usando alguns cúrios vegetais (ervas) conjurados.

Os feitiços para serem consumidos em forma líquida também não se limitam aos chás e cafés preparados de formas especiais. Para crianças, por exemplo, um composto adocicado de ervas conjuradas e coadas, misturado à água tônica pode se tornar mais atraente que um chá, pois se assemelha a um refrigerante.

A combinação de curios em seu Feitiço vai depender das propriedades mágicas que cada erva possui. Ou seja, qual é a ação inata dessa erva, para quais finalidades ela “trabalha”.

 

Dessa forma, assim como é a escolha de cada erva para a elaboração de um Feitiço comum, assim será também nos Feitiços comestíveis.

 

Em seus Feitiços comestíveis você pode adicionar um Óleo de uso mágico em pequenas porções (desde que o fabricante especifique que este é próprio para ser ingerido). Ou pode utilizar óleo de oliva já conjurado. Lembrando que o óleo de oliva, devido à sacralidade da árvore Oliveira, está sempre relacionado à energias benéficas.

No meu último ritual eu usei o meu Óleo “Bênção Divina” para preparar um Risoto. Todos os elementos empregados ali passaram pela conjura… O alho, a manjerona, a pimenta preta e o sal. O animal usado (que foi frango) recebeu uma oração previamente, não para ser conjurado (rs!), mas para que houvesse um agradecimento pela vida que foi dada. Uma forma de respeito ao mesmo.

Mel mágico composto de ervas, xarope mágico preparado com ervas, água de rosas, águas mágicas herbais, entre outros elementos também podem ser grandes aliados em sua prática de Magia culinária. Eles nos servem como compostos “anfitriões”, “hospedeiros de Magia”, os chamados “Hosts” (“Host” no singular). E funcionam de forma similar a um Óleo mágico. Nesse caso, porém, você não irá “vestir” velas com ele, você irá untar a panela ou peça de carne que irá usar em seu “trabalho”.

Isso quer dizer que, além de conjurar as ervas que você vai utilizar na sua receita, você pode preparar dias antes (ou, em alguns casos, até meses antes) diferentes “hospedeiros de Magia”, e usá-los no preparo dos alimentos. Ou seja, você pode preparar previamente compostos para fins mágicos e somá-los ao seu “trabalho” final, agregando poder ao mesmo.

 

Como preparar um Hospedeiro de Magia, um “Host”

A ideia do Hospedeiro se resume no seguinte conceito: Pega-se um composto líquido (mel ou água com açúcar) ou composto sólido (açúcar) e insere-se ali as ervas já selecionadas de acordo com a finalidade. Deixa-se em um tempo de contato dos elementos. Retiram-se as ervas e o que fica é o Hospedeiro.

Afim de explicar um pouco mais, a combinação de água e açúcar é usada para compor uma espécie de xarope. Usa-se a medida de:

  • 4 xícaras (de chá) de água
  • 2 xícaras (de chá) de açúcar

Ferve-se essa combinação em fogo baixo até que reduza pela metade a quantidade do líquido. E até formar, ao esfriar, uma aparência similar a de um xarope. Retira-se do fogo e acrescentam-se as ervas já conjuradas.

Você pode adicionar um punhado pétalas de Rosas e 1 colher (de sobremesa) de Lavanda a esse composto, se seu objetivo for fortalecer condições românticas no seu amado. Ou você pode misturar pitadas de Canela em Pau e 1 colher (de sobremesa) de Gatária (Catnip) e você irá aumentar incrivelmente sua capacidade de sedução.

Use o Hospedeiro extraído desse composto, depois de coado, para adoçar cafés ou sucos da pessoa amada, no dia a dia. De acordo com a tradição no Hoodoo, você também pode acrescentar 3 gotas de seu sangue menstrual ao café de seu amado, criando assim um poderosíssimo Feitiço.

 

 

Espero que gostem! ^^

 

You Might Also Like

Sem comentários

Dê sua opinião!