0
2 In Artigos

Magia Lunar: influência da Lua na prática da magia

Magia lunar influência Lua magia prática

Uma das formas de prática de magia mais antiga é a Magia Lunar. Desde tempos imemoriais o homem olhou para a Lua, e fazendo intuitivamente uma correspondência e sentindo a energia que ela expressa, externou seus desejos, fez seus pedidos. Esta mesma face lunar observada por nossos ancestrais mais remotos é a mesma que observamos hoje. E isso nos diz muito, pois quando olhamos pra Lua é como se pudéssemos olhar também para a própria história da humanidade. Lá encontramos arquivados nossos medos, nossas emoções mais primordiais.

 

Além disso, a Lua está associada  ao nosso inconsciente e emoções. Por isso é uma ótima aliada quando desejamos fazer feitiços que envolvam algo que sentimos com muuuuuuita intensidade. Trabalhar com a Magia lunar requer emoções jorrando, requer a liberdade para improvisar e dizer com o coração. Nos ritos com Magia lunar é que vemos rolar a lágrima que não pode ser contida, a dança traçada sem ter os passos decorados, o riso solto inesperado.

 

Pense assim: a ordenação das coisas na nossa vida é regida pelo Sol. Já as emoções com as quais nos relacionamos com a vida é regida pela Lua. Fazemos então uma correspondência com as fases da Lua de acordo com nosso intuito. E assim decidimos o melhor momentos para a realização de rituais, feitiços, confecção de amuletos, lançamento de maldições, leituras de oráculos.

 

A grande questão, porém, é que devido ao fato de a Magia Lunar estar ligada a emoções intensas, algumas vezes o trabalho com ela não é planejado. Ele se aproveita da oportunidade. Exemplo: Eu posso precisar fazer um rito de banimento na minha casa e não ter tempo de fazê-lo de dia (ao meio dia), como seria o ideal. Posso aproveitar a Lua minguante então para tal fim.

 

A exemplo também foi o que ocorreu na última sexta-feira. Nesse dia choveu um pouco… e estávamos na Lua cheia. Então coletei um pouco da água da chuva para preparar banhos de amor. Ora, veja que combinação perfeita: Lua cheia em uma sexta-feira chuvosa! Isso é trabalhar com a oportunidade.

 

Correspondências das fases da Lua para uso na Magia Lunar

 

Lua Nova: Boa fase para iniciar projetos de cunho financeiro; refletir e traçar novos caminhos a seguir; confeccionar amuletos e talismãs; mudar hábitos ruins; limpar e jogar fora coisas que não queremos mais; fazer feitiços para abertura de caminhos e remoção de problemas; fazer ritos de banimento (preferencialmente na 1ª noite).

 

Lua Crescente: Boa fase para atrair, expandir, multiplicar ou fortalecer qualquer coisa (ganhos financeiros, a doçura ou o amor de alguém, saúde, prosperidade, etc). Também é boa para fazer talismãs ou amuletos tipo Saco Mojo ou Saco Nação.

 

Lua Cheia: Boa fase para a prática do sortilégio (leitura oracular e alguns tipos de feitiços de maldição); feitiços de amor, paixão, sexualidade e fertilidade; prática da evocação e invocação.

 

Lua Minguante: Boa fase para afastar ou repelir coisas indesejáveis (hábitos, pessoas, energias, pensamentos, relacionamentos amorosos ou sociais, etc). Bom também para a prática do sortilégio (leitura oracular e alguns tipos de feitiços de maldição) e para iniciar dietas para perda de peso.

 

 

Espero que tenha gostado ^^

 

You Might Also Like

2 Comentários

  • Reply
    Tatiane
    2 de março de 2018 at 16:06

    Amando esses links

  • Reply
    Mandy
    24 de agosto de 2018 at 18:41

    Na sua opinião existe a lua negra também, Jess? Se sim, ela é melhor pra o que?

  • Dê sua opinião!