0
6 In Artigos

Uso de Pós no Hoodoo: maneiras de usar, modo de fazer.

Uso de Pós no Hoodoo maneiras de usar formas de fazer

Geralmente, o uso de pós no Hoodoo se dá na composição de um Feitiço. Eles são compostos de ervas e outros cúrios que, conjurados, triturados e misturados, agregam poder ao trabalho. Essa é uma forma que traz praticidade ao praticante. Isso porque, ao invés de sair como um louco atrás de ervas cada vez que deseja montar um trabalho de amor, prosperidade ou seja lá o que for, ele pode armazenar os Pós para Feitiços já prontos, para usar quando for necessário. Essa prática é muito comum nos EUA, berço do Hoodoo e é uma excelente dica para os praticantes aqui no Brasil, já que nem todos tem fácil acesso à determinadas ervas para compor um trabalho.

Mas o uso de pós no Hoodoo não se limita somente a essa forma de uso. Uma forma muito tradicional de uso é quando o pó é salpicado sobre o caminho de uma pessoa.  Nesse caso, o objetivo é contaminar a pessoa-alvo através do contato dos pés (calçados ou não) com o pó. Essa ideia de contaminação através dos pés é a base de ação de compostos de maldição, como Poeira Goofer, Pó de pé Quente e Pó de Cruzamento.  São feitiços em forma de pó que, segundo a tradição, tem o poder de colocar uma jinx, um enguiço ou maldição e levar a vida de um inimigo à destruição.

Esses compostos são conjurado como um malefício, mas existem outros tipo que não são usados com finalidade punitiva, mas que também são lançados ao chão para que venham a contaminar o ambiente e a pessoa que ali pisar. A exemplo, um pó pode também ser lançado num cômodo de uma casa, para dar ao ambiente uma energia benéfica, de sexualidade, amor, paixão, prosperidade…

Mas as formas de uso de pós no Hoodoo não param por aí. Uma outra maneira de uso (porém, com outra finalidade) se dá através pulverização do pó-ritual sobre o corpo da pessoa. Nesse caso, o objetivo é conceder ao corpo do indivíduo a energia daquelas ervas ali empregadas. Nesse caso, o mais usual é aplicação como uma complementação a um Banho-ritual. Embora a pulverização por si só já confere à pessoa uma ação intensa.

Você pode então tomar um Banho de abertura de caminhos e depois aplicar um Pó-ritual que tenha a finalidade de facilitar relações de negócios, antes de ir encontrar um cliente, por exemplo. Ou pode, em um outro propósito, fazer uma pulverização para se manter mais tranquilo em um dia de prova na faculdade ou em um concurso.

 

Mas como preparar um Pó-ritual ou Pó para feitiço?

O preparo é muito simples. Basicamente você vai precisar de:

  • Um Almofariz
  • Ervas secas
  • E um pó base para facilitar a aplicação, no caso, talco sem cheiro

Nesse processo, cada erva é conjurada e reduzida a pó dentro do almofariz, juntamente com o pó base. Maaaas, gostaria de chamar a atenção para algumas questões importantes. Alguns praticantes usam farinha de trigo na composição dos Pós. Eu não acho bacana por vários motivos… O “grão” residual do pó da farinha é maior do que o do talco, tornando-o mais perceptível no chão e no contato com o corpo. Além disso, a farinha tem uma durabilidade reduzida por não ter conservantes eficazes, como é o caso do talco. A farinha atrai mariposas com facilidade e forma um líquido pastoso em contato com o suor do corpo da pessoa.

Logo, para que o composto não estrague servindo de ninho para bichos; para não ficar com um “creminho” pelo corpo após o uso de um Pó-ritual; para manter o sigilo em seus trabalhos com lançamento de pó; e para não atrapalhar a queima da parafina da vela ao usar pó em feitiços:

Não use farinha de trigo no Pó, use talco sem cheiro!

Outra observação importante diz respeito ao instrumento usado para redução das ervas, ou seja, o almofariz. Não use almofariz de plástico ou madeira em hipótese alguma! O plástico “cede” à dureza de algumas ervas, abrindo fissuras. E, com isso, não podem ser limpos de forma correta. O mesmo ocorre com a madeira, que também tem a estrutura perfeita para criação de mofo e proliferação de bactérias. Esses materiais também aderem cheiro, o que pode vir a contaminar os compostos que possuem diferentes formas de ação.

 

Você até pode usar um almofariz de pedra, o que já seria um pouco melhor do que os outros citados. Contudo, pra mim, o ideal é um almofariz de porcelana.

Como exemplo, o meu almofariz aí da foto ao lado.

A porcelana é uma louça extremamente dura. Ela não “cede” nem à dureza do metal. Por isso, pratos de porcelana tende a acumular riscos acinzentados. Esses riscos não são cavidades feitas pelo metal das facas em contato com a louça dos pratos. Muito pelo contrário, eles são traços do metal das facas que cedem em contato com a dureza da louça. Podendo inclusive serem removidos com removedor de ferrugem.

 

É desse tipo de dureza que você precisa para conseguir reduzir ervas e grãos a pó bem fininho, quase imperceptível. Até porque, se você for lançar um feitiço em pó sobre o caminho de alguém, não vai querer que a pessoa descubra, não é mesmo?!

A mesma lógica se dá na aplicação do pó no corpo. Ir a um encontro de negócios com talco na pele até dá. Agora, sair com pedacinhos de erva grudados no corpo me parece algo socialmente ousado demais! (risos)

Por fim, mas não menos importante: Sabe aqueles Pós comprados em casas de artigos religiosos? A menos que você tenha grande confiança em quem fabrica, esqueça-os! Na grande maioria das vezes aquilo não passa de farinha de trigo com pigmento. Ou, na melhor e mais raras das hipóteses, são farinha com salpicos de extratos de ervas, sem conjura. Sendo assim, para esse tipo de produto fazer efeito no seu trabalho, você não vai precisar de Magia, vai precisar de um milagre!

Bom, considerações feitas. Agora é só você combinar as ervas de acordo com a intenção desejada, conjurá-las para seus respectivos propósitos, reduzi-las a pó juntamente com o pó base e usar.

 

Formas de Uso de Pós no Hoodoo

Pó-Ritual para Pulverização no corpo= Como tudo que se faz no Hoodoo, se você quiser atrair uma energia pra você, então você deve fazer movimentos de baixo para cima. Já, se o objetivo for mandar uma energia para fora de você, o movimento se dá de cima para baixo. Essa será a forma de lançamento do pó sobre seu corpo.

 

Pó para Feitiço= Após vestir sua vela com o Óleo Hoodoo correspondente, role a vela sobre o Pó para feitiço ou use uma canoa feita de papel pra sobrar o pó sobre a vela. (Atenção: não use esse último método se as ervas forem para malefícios ou se forem ervas tóxicas).

 

Pó para lançamento= lance o Pó sobre a porta da casa ou porta de comércios de inimigos. Jogue o pó de maneira a formar 3 carreirinhas em formato de onda. Ou simplesmente faça um “X” demarcando e “cruzando” o local por onde a pessoa irá pisar. Em caso de prédios, opte por colocar sob o tapete de entrada, para que fique imperceptível. Marque 5 pontos de Pó em um cômodo e dê ao ambiente a energia desejada. Coloque um pouco de Pó em cada canto e finalize com um pouco na parte do meio do cômodo da casa. Se possível, esconda atrás de móveis ou debaixo de tapetes.

 

Gostou? Vou te adiantar então que uma das novidades para 2018 é que você poderá encontrar ervas secas e Pós para feitiços já prontos na O Sortilégio Store.

Bacana, né?! Então, aguarde 😉

 

You Might Also Like

6 Comentários

  • Reply
    Mariliza
    8 de janeiro de 2018 at 23:54

    Suas explicacoes sao puras e claras. Obrigada por compartilhar. A internet, infelizmente, esta repleta de explicacoes infundaveis e confusas. Suas paginas…nota 10.

    • Reply
      Jess
      9 de janeiro de 2018 at 18:22

      Eu que te agradeço pelo carinho, Mariliza! Seja bem vinda! ^^

  • Reply
    Luciana
    25 de fevereiro de 2018 at 18:35

    Muito útil esse artigo, vou “maratonar” o blog!

    • Reply
      Jess
      1 de março de 2018 at 18:29

      Que bom que gostou, Luciana! Vou tentar levar uma palestra do tipo pro próximo Encontro Brasileiro de Druidismo e Reconstrucionismo Celta, “linkando” o assunto com a prática da druidaria 😉

  • Reply
    Cauan
    27 de junho de 2018 at 23:19

    Tenho dificuldades em reduzir ervas / grãos secos a um pó impercetível. Existe alguma técnica para usar o almofariz?

    • Reply
      Jess
      28 de junho de 2018 at 09:57

      Olá, Cauan! Então, você tem de usar ervas secas. Além disso, o tipo de almofariz conta muito também. Madeira e plástico não possuem a dureza necessária para esse processo. O ideal é o de porcelana, porém sem revestimento interno. Vou aproveitar e deixar aqui meu convite para que venha fazer o curso de Hoodoo comigo. Essa parte prática, com as técnicas de como fazer também fazem parte do conteúdo. Segue contato:
      contato@osortilegio.com

    Dê sua opinião!